Dispositivo.

páginas.

Essa história foi feita como uma adaptação bem livre de um trecho de “Extremamente alto e incrivelmente perto”, livro do escritor Jonathan Safran Foer. Ela foi produzida para o n° 14 do fanzine “A Falecida”, um clássico que é feito desde o começo da década de 90!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s