Dica Viniloscópica: Téo e o Minimundo.

papo.

teo

 Sábado tem oficina do Viniloscópio na Revistaria PopKai, em Ribeirão Preto. Pois bem, o tema será sobre criação de personagens,e dentro da linha que pretendo seguir na oficina, comecei a buscar referências de personagens de quadrinhos. Não demorou muito para que eu chegasse num dos meus personagens favoritos de tirinhas, o Téo de  “Téo e o minimundo“, do Caetano Cury (só clicar no link para conhecer o blog).

O menino Téo observa em seu microscópio um vasto mundo em miniatura, e isso é o que mais me agrada. Por mais que Téo seja um personagem muito bem caracterizado- uma personalidade curiosa, com um visual bacana- ele é um observador. Assim, o garoto acaba sendo uma grande desculpa para contar histórias variadas, sempre com profundas reflexões. É sobre filosofia, sobre compreender o mundo e as pessoas à sua volta; mas é principalmente sobre senti-lo. Se depois de ler estas tiras você se pegar filosofando enquanto vai para o trabalho, ou almoça, ou enquanto conversa com sua namorada, não se preocupe; foi só o Téo que fez das suas para nos lembrar de que somos humanos.

Pegando emprestado um termo do futebol, nessa criação o Caetano Cury acertou “na veia”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s